27 de Setembro de 2012

Workshop em segurança levanta questões ambientais

COMPARTILHAR:

Realizar obras de qualidade que modernizam a paisagem urbana não seria possível sem o cuidado com os colaboradores. A partir desta ideia, a construtora Celi reúne periodicamente as pessoas que atuam nas obras com o intuito de discutir as melhores práticas adotadas na área de segurança do trabalho na empresa. Assim, na última sexta-feira, 14, técnicos de segurança e estagiários participaram de mais um Workshop de Segurança.

 

Ocorrido nas instalações da Celi Terraplenagem e Pavimentação, o workshop teve como objetivo principal discutir as melhores práticas e técnicas adotadas na área de segurança do trabalho na empresa, melhorando ainda mais as inter-relações no ambiente de trabalho através da troca de experiências e conhecimentos. "Uma vez a cada dois meses realizamos reuniões com os colaboradores que atuam na parte de segurança para tirarmos as dúvidas e parametrizar todos os procedimentos realizados nas obras. A periodicidade da reunião é importante também para melhor integrar os técnicos e verificar se existem dificuldades no cotidiano do trabalho. Buscamos ainda ouvir deles sugestões para aperfeiçoar nossos processos, afinal, são eles que vivenciam o dia a dia nasobras", explica o engenheiro de segurança no trabalho, Max Silveira.

 

Colaboradores como os técnicos de segurança Joana D'Arc ALves Santos e Ricardo dos Santos Silva acreditam que essas palestras são bem importantes para a atuação do profissional. "Quando se tem mais conhecimento, pode-se informar melhor os colaboradores, reduzindo assim a possibilidade de acidentes. Medidas simples podem salvar vidas", coloca Joana D'Arc. Já seu colega de profissão ressalta a importância da padronização dos processos: "Apesar de estar há pouco menos de dois meses na Celi, já senti o quanto a empresa se preocupa com o bem estar e com a conduta padronizada no cotidiano de trabalho do colaborador. A palestra me chamou a atenção para a necessidade e importância de todos preencherem os relatórios e os registros de inspeções de maneira uniforme. Apesar de grande tanto em termos de atividades quanto em estados de atuação, somos uma só empresa e precisamos falar uma mesma linguagem para que o entendimento seja perfeito entre todos os setores", acrescentou Ricardo dos Santos.

 

Monitoramento de fumaça

 

A grande novidade deste workshop, sem dúvida, foi a questão do monitoramento da fumaça preta em veículos e equipamentos movidos a diesel. A nova atividade faz parte da política de sustentabilidade da construtora, que busca ampliar a cada dia sua contribuição com a preservação do meio ambiente. Desta forma, além de cumprir as normas do CONAMA Nº 251/1999 com relação à autofiscalização da frota quanto a emissão de fumaça preta, a Celi passa agora também a monitorar os veículos de seus fornecedores.

 

"Em 2010 quando a empresa iniciou o processo de certificação na norma internacional OHSAS 18001:2007, um colaborador da empresa foi capacitado para realizar este monitoramento nos veículos e máquinas a diesel da empresa. A partir deste treinamento, a empresa irá monitorar também os veículos, principalmente os caminhões, dos nossos fornecedores que adentram nos canteiros de obras. o objetivo é reduzir a emissão de fumaça e outros poluentes, propiciando uma melhor qualidade do ar para todos. Caso seja detectada irregularidade no padrão da emissão da fumaça, o fornecedor será informado e terá um prazo para fazer a manutenção de seu veículo. Se depois de notificado houver a reincidência de emissão de fumaça preta acima dos níveis permitidos, o gestor da obra poderá recomendar a desqualificação deste fornecedor", informa a gerente de Qualidade, Andréa Lins, que junto com Max Silveira ministrou o workshop.

 

Ícone de E-mail

Cadastre-se e receba dicas
e novidades Stanza