25 de Janeiro de 2012

ILBJ: mil novos alunos preparados para a vida

COMPARTILHAR:

Responsabilidade social da Celi forma mais uma turma e já soma 7,4 mil alunos atendidos em oito anos de atuação O momento mais esperado para os 987 alunos assistidos pelo Instituto Luciano Barreto Júnior (ILBJ) em 2011 aconteceu na noite de segunda, dia 23, no Espaço Emes, que se tornou palco para a formatura da oitava turma do projeto ‘Conectando com a Vida’. Familiares de formandos e também futuros alunos acompanharam apresentações culturais criadas e produzidas pelos jovens, além de homenagens prestadas pela dedicação do trabalho social e educacional desenvolvido. Nos últimos anos, o ILBJ prestou assistência a cerca de 7,4 mil jovens da rede pública de ensino sergipana.  Ao relembrar o dia em que seu filho Luciano Barreto Júnior, inspirador do Instituto, nascera, a presidente do ILBJ, Maria Celi, deixou a emoção tomar conta. “É um dia de muita emoção, hoje Luciano Júnior faria 38 anos. Por isso, nós estamos aqui para viver e não ter a vergonha de ser feliz. Lembrem-se disso”, comenta Maria Celi.  A noite foi marcada também por apresentações artísticas. Descoberta em eventos culturais desenvolvidos durante o ano letivo do ILBJ em 2011, a banda formada pelos alunos Helton Gonçalves, Miqueias Santos, Tamires Cardoso e Tamires dos Santos (acompanhados do psicólogo do ILBJ, Roberto Góis) encantou os presentes na formatura. O Coral ILBJ com seus 27 componentes regidos pelo maestro Daniel Freire chamou a atenção pela qualidade das vozes e do repertório.  No hall de entrada do Espaço Emes aconteceu a exposição da oficina de desenho artístico que teve como educador o artista plástico Josinei Alves do Nascimento. Além dessas apresentações o publico foi agraciado com uma apresentação de dança moderna com os jovens Gabriela da Virgem e Andreza dos Santos. A Oficina de inglês em parceria com o Yázigi e direção da educadora Nadja Soares apresentou-se cantando em inglês. “Ficamos surpresos com a nossa capacidade plural”, relata a aluna Tamires Santos, representante de todos os jovens do ILBJ.  O curador tecnológico do Instituto, Luciano Barreto Franco, lembrou uma frase proferida pelo governador Marcelo Déda em edição anterior da formatura do ILBJ para sintetizar seu sentimento. “Como muito bem disse o governador do estado em outra oportunidade como esta, ‘os projetos do Instituto Luciano Barreto Júnior transformam dor em amor’. E temos aprimorado este trabalho com o intuito de sensibilizar mais jovens de Sergipe – queremos ensiná-los a ser melhores pessoas para passarem a diante e fazer a vida magnífica. Nada disso é para ser agradecido ao ILBJ, nós que agradecemos pela confiança creditada”, enaltece, antecipando algumas novidades para 2012. “Este ano, após mudanças necessárias e inadiáveis estaremos ampliando nossas ações e o número de adolescentes e jovens passará a 1600.”, finaliza.  Valéria Freire, gerente do ILBJ, diz que o momento pelo qual o instituto passa é de amadurecimento. “É como se estivéssemos saindo da infância e entrando em um estado de maturidade e de equilibração em que se passa a agir em busca do pensamento lógico/conceitual, passando a entender os mecanismos processuais que regem de agora em diante suas ações”, aposta.  Segundo ela, o aumento de alunos assistidos de 1.200 para 1.600 resulta no trabalho pedagógico desenvolvido por uma equipe multidisciplinar composta por coordenação pedagógica, psicossocial e de educadores sociais para otimizar os espaços do ILBJ e para as inovações pedagógicas implantadas para este ano. “A reestruturação realizada pelo Instituto não altera sua essência em busca da formação de um ser humano melhor e cidadão. Acrescentamos aos quatro projetos existentes mais cinco que serão decisivos na nova fase de maturidade do ILBJ, sendo eles: Jovem aprendiz ILBJ; A caminho da universidade; ILBJ Portas Abertas; Projeto Arte e Criação; Construindo ambiências sustentáveis”, detalha a gerente.  Paraninfo e Homenageado  Para Luiz Antônio Barreto, pesquisador e jornalista, ter sido convidado como paraninfo da turma é um gesto honroso. “Sinto-me feliz pela memória e realização grandiosa de responsabilidade social que a Construtora Celi desenvolve há oito anos, que é o ILBJ. O que o Instituto faz hoje para o jovem é abrir um canal de comunicação com perspectiva imediata de emprego, por se tratar de tecnologia em plena era de desenvolvimento”, sintetiza.  Para ele, o momento é de gratidão. “Felicito o ILBJ, também, pelas inserções que tem organizado na sociedade a partir de uma empresa que se põe a serviço de uma comunidade onde atua com responsabilidade e dignidade”, finaliza Luiz Antônio Barreto. O professor Sérgio Dantas, educador homenageado da noite, fez referência à sua trajetória inspiradora e deixou a mensagem a todos: “Que nada na vida lhes tire a vontade de viver e continuar sonhando”, defendeu em seu discurso. Todos os anos o ILBJ homenageia o aluno/operário que mais compromisso determinação e desenvolvimento apresenta no projeto Despertar para o Conhecimento, direcionado para os colaboradores das obras da Celi. Este ano, o aluno José Carlos Santos, após avanços na construção do seu conhecimento, passou no vestibular para administração com direito a bolsa integral da FASE/Estácio de Sá, parceira que oferta quatro bolsas integrais (duas por semestre) aos jovens melhores colocados no vestibular.  Reconhecimento  Representando o governador do Estado de Sergipe, Marcelo Déda, a primeira-dama e secretária de Estado da Inclusão Social, Eliane Aquino, emocionou os presentes com sua sensibilidade em enxergar nos jovens formandos, potenciais em serem descobridores da vida. “Vocês adquiriram asas! Vocês aprenderam a dizer sim e não. O ILBJ ensinou a ter coragem para a vida. Por isso: sonhem, aproveitem! Vocês estão preparados para atuar com maior competência na disputa profissional”, crê.  O prefeito de Aracaju, Edvaldo Nogueira, lembrou que só não esteve presente na edição da formatura do ano passado e que isso é um motivo a mais para comemorar por conhecer e entender o trabalho desenvolvido pelo ILBJ. “Este é um momento em que o Emes transpira solidariedade. Todos nós presenciamos este ato de amor e generosidade. Cada ano que passa, o Instituto faz mais e melhor, trazendo novos valores a serem vivenciados em seus cursos”, coloca.  Josiele Santos passou para a próxima etapa de sua vida, como ela mesma conceitua. Após formar-se no projeto ‘Conectando com a Vida’ em 2011, a jovem irá se aprofundar na vivência dos conhecimentos durante os próximos meses quando estará inserida na turma do projeto Informática Avançada. “Vejo que tive muita melhora nesse ano que estive no Instituto. Agora já discuto todos os assuntos da sociedade e tenho opinião própria, sei do que estou falando. Mas quero aprender mais”, afirma.  Dentre as autoridades presentes, o secretário de educação do Estado de Sergipe, Belivaldo Chagas também elogiou a atuação do ILBJ. Para ele, a oitava edição da formatura simboliza amadurecimento do processo de inclusão social. “A preocupação de todos do Instituto para formar jovens capacitados a serem inseridos no mercado de trabalho reflete, inclusive, no estado, que passa a ter um quadro social mais digno”, pontua.  A jovem Ingrid Melo conseguiu perder sua timidez e, em sua avaliação, isso irá ajudá-la no mundo do trabalho. “Por causa do ILBJ que hoje sei trabalhar em equipe tranquilamente e ainda adquiri conhecimentos de empreendedorismo para o primeiro emprego”. Sua mãe, Edinalva Lima Melo, percebe tamanho crescimento: “Minha filha sabe o que quer e, por isso, tenho muito a agradecer ao Instituto”, diz.  Janderson Graciliano da Silva participou de dois projetos do ILBJ: além do ‘Conectando com a Vida’, também cursou o ‘Informática Avançada’. Ao refletir sobre o momento vivenciado, o jovem sintetiza sua emoção: “Antes eu era um menino e agora me sinto homem formado. O Instituto me ajudou no primeiro emprego, na forma de lidar com as pessoas, com meus problemas pessoais. Ir ao ILBJ, para mim, sempre foi uma forma de trocar os problemas pelo aprendizado”, comenta Janderson. Na oportunidade, foram sorteados ainda quatro netbooks entre os 987 jovens formandos, sendo as felizardas Rívia Graziele, Valéria Silva Santos, Josilene da Silva Melo e Aline Santos.

Ícone de E-mail

Cadastre-se e receba dicas
e novidades Stanza