01 de Novembro de 2011

Fiscalização de obras públicas

COMPARTILHAR:

Atuando na defesa das empresas da construção civil do estado, o empresário Luciano Barreto concedeu, na última semana, uma entrevista no programa Sergipe Notícias, apresentado pelo jornalista André Barros na TV Atalaia, para discutir sobre o mercado de obras públicas no país. Falando em nome da Associação Sergipana de Empresas de Obras Públicas e Privadas – Aseopp –, ele questionou a política de fiscalização dos órgãos de controle sobre as empresas do ramo, argumentando que o modelo praticado hoje no país não inibe a prática de corrupção, mas apenas pune os pequenos e médios empreiteiros. De acordo com ele, o rigor na fiscalização é muito maior quanto menos complexa é a obra e, se por um lado não há como policiar a aplicação de verba pública em uma grande obra, há ação de sobra para controlar os gastos em uma pequena praça no interior, por exemplo.

Ícone de E-mail

Cadastre-se e receba dicas
e novidades Stanza